sábado, 25 de julho de 2009

Falha no atendimento a doente com vírus da gripe suína

Mais um caso flagrante de falha no atendimento médico a uma paciente, morta há uma semana. Contaminada com o vírus da gripe suína A(H1N1), a gestante Aldinete Pereira de Lima,29, havia procurado atendimento por duas vezes em hospitais estaduais e não recebeu diagnóstico. Antes de morrer, ela aguardou dez horas para ser atendida na clínica ProSaúde. o bebê também morreu. "É óbvio que há casos(de morte) em função de mau funcionamento(da rede de saúde). Os erros ocorrem, temos que tentar mitigá-los",dise o secretário de Estado da Saúde do Rio, Sérgio Côrtes.
Este caso ocorreu no Rio de Janeiro, mas tem ocorrido casos semelhantes em todo o país, a demora no diagnóstico e tratamento dos sintomas da gripe A(H1N1).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Updates

    follow me on Twitter

    Seguidores