segunda-feira, 26 de março de 2012

não cabe ao mestre assumir a responsabilidade do discípulo

" Deveis estar alertas, para inverterdes todas as condições negativas que apareçam aos vossos sentidos. Para dar-vos um exemplo: se sentirdes frio, invertei vossa consciência e afirmai que sentis calor; se os sentidos vos comunicam uma alegria arrebatadora por causa de boa notícia, dizei "Paz, acalmai-vos’!
 Os estudantes devem compreender que os Mestres não vêm a eles por iniciativa individual do discípulo, mas, que são os Mestres que escolheram aos estudantes para que recebam Sua Radiação. É um privilégio que não se pode traduzir em palavras, só pode ser sentido e visto.

Além do mais, a missão do Mestre não é a de assumir vossas responsabilidades, nem resolver vossos problemas, mas, sim, comunicar-vos a compreensão inteligente para que os discípulos possam aplicar em suas vidas e assim resolverem seus próprios problemas. Dessa maneira, adquirem a força, o valor e a confiança para continuarem passo a passo na maestria consciente que dominará o ser e o mundo exterior.
 Ao chegar-se em um momento do crescimento espiritual,
 Nós ouvimos os estudantes invocando-Nos com grande sinceridade: "Grandes Mestres, ajudai-nos a resolver nossos problemas"! Para dar-vos ânimo e força, direi que muito mais do que se possa conceber, é a Radiante Presença do Mestre que derrama Força, Coragem, Confiança e Luz. Disto os estudantes, na maioria dos casos, estão inconscientes. Não há senão uma só forma que todo aquele que possui sabedoria pode empregar para dar ajuda permanente àqueles irmãos que pedem assistência: E instruí-los nestas simples leis que lhes darão a vitória e o domínio sobre o ser e o mundo exterior. Fazer o que pedem estes estudantes, ou seja, resolver seus problemas, atrasaria mais ainda o seu progresso, debilitando-lhes imensamente. Apenas decretando sua própria força, conseguirão as vitórias que não podem vir de outra forma.
 Assim, entra o estudante na plenitude de seus próprios poderes. Com a prática consciente de sua Poderosa Presença "Eu Sou", o estudante adianta-se, sem nenhuma vacilação, em direção à sua meta.
 A razão pela qual não se informa ao estudante sobre a assistência que os Mestres lhes dão é para impedir que se apoiem num suporte externo, O maior erro que poderíamos conceber seria dizer ao estudante algo que o levasse a apoiar-se em Nós, por saber de Nossa Presença. O estudante não tem nada a temer e deve saber que lhe damos, sempre, toda a assistência possível e proporcional ao grau de adiantamento que vai conseguindo." (do Livro de Ouro de Saint Germain)

quarta-feira, 21 de março de 2012

Deus sabe tudo o que você precisa


"O Pai do céu conhece tudo o que você precisa. “Conceda o primeiro lugar para o Seu reino, e o que ele exige; ele irá prover você de tudo (Mateus, 6.32.33)”. “Nada será difícil de ser obtido quando Eu sou agradado, mas um devoto puro, cuja mente está exclusivamente fixada em Mim não pede nada, nem mesmo a salvação, mas a oportunidade de servir-Me (BP 6.09.48)”. O Senhor escolhe as melhores coisas para você, se você deixar que Ele seja o seu guia, pela rendição para com o Seu querer." ( Dr. Ramananda Prasad e Swami Krishnapriyananda Saraswati, em comentário no Bhagavad Gita)

a satisfação dos desejos do devoto puro


Riqueza e felicidade chegam de forma automática para as pessoas de reta ação, sem que a pessoa peça por isso, como um rio deságua automaticamente no oceano. A riqueza material vem naturalmente para a pessoa virtuosa, como as águas do rio naturalmente fluem corrente abaixo. O Senhor Rama disse: “Eu sempre tomo conta daqueles que adoram-Me com devoção inabalável, assim como uma mãe toma cuidado do seu filho"  (TR 3.42.03). A forma da Mãe do Senhor é encorajada para os buscadores de saúde, riqueza e conhecimento. Aqueles que sempre pensam em Deus são considerados como sendo conscientes de Deus, estando em Consciência de Krishna, ou auto-realizados. O Senhor, pessoalmente, toma conta daqueles que se lembram d´Ele com mentalidade simples. Sua natureza de reciprocidade de amor por Seus devotos puros é pela satisfação de seus desejos." (Dr. Ramananda Prasad e Swami Krishnapriyananda Saraswati, em comentário no Bhagavad Gita) 

quarta-feira, 7 de março de 2012

a projeção da imagem


92. Também note que você começará a ver sua própria imagem como se estivesse em frente de você. Você não deve se surpreender, pois isso é o resultado de um maior desenvolvimento da divisibilidade do espírito. A projecção da própria imagem, e o envio de partes do seu espírito, transmite para o terceiro olho desenvolvido, a imagem que é enviada. Deve-se saber que alguém vê essa imagem simultaneamente e recebe ajuda. (A Hierarquia, de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

a força da evocação

91. Se a clareza da imagem do Mestre nos leva a mais estreita cooperação com Ele, então cada concepção clara e vívida de um objeto em nosso terceiro olho torna-se mais  próximo e alcançável. Uma das condições da magia antiga era ensinar a nitidez de objetos evocados por nossa concepção interior. Se o objeto é evocado com toda a totalidade da linha e da cor, pode-se aplicá-la para a reação mais imediata, pode-se, por assim dizer, possuí-la. Sem limitações de espaço, pode-se regular e aproximar as suas possibilidades, desde os objetos mais usuais para os planetas distantes pode-se utilizar essa força. Não há nada de sobrenatural nisso, mas a duplicata torna-se aparentemente idêntica ao evocado, e um segmento vital unificador é atraído por ele. Pode-se desenvolver gradualmente essas habilidades, em objetos cotidianos, percebendo assim que, quando uma imagem nítida é criada, uma vibração peculiar trêmula ocorre, similar a uma reação magnética. Assim, ao estudar o Infinito pode abordá-lo, começando com os objetos mais usuais. (A Hierarquia, de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

segunda-feira, 5 de março de 2012

não se surpreenda por qualquer coisa

90. Outro exercício útil: Acostume-se a não se surpreender ou ser surpreendido por qualquer coisa. Mas isso não deve ser entendido como um sufocamento do espírito. Pelo contrário, sua completa disponibilidade que dá  à luz a clarividência permanece vigilante durante o tremor de realização. Estão se aproximando muitas coisas maravilhosas. Pode-se entender essas coisas de acordo com seu próprio desejo e de acordo com sua própria consciência. Mas é ainda mais fácil de levá-los a partir da imagem principal. Se você pode visualizar a imagem do Mestre na sua consciência, com toda clareza, você pode transferir sua consciência para Ele e agir, por assim dizer, através do Seu poder. Mas para isso, é preciso ver a imagem do mestre com extrema precisão, mesmo com o mais ínfimo pormenor, para que a imagem não vacile, ou sofra qualquer distorção ou alterar sua aparência, como muitas vezes acontece. Mas se, na sequência do exercício de concentração, consegue invocar constantemente a imagem do Mestre, através de um presente poderia ganhar o maior benefício para aqueles que nos rodeiam e para o trabalho.(A Hierarquia, de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

domingo, 4 de março de 2012

A imagem do Senhor no coração

89. Quando a sua consciência lhe pede para a necessidade de possuir a imagem constante do Senhor, retire-se para um lugar calmo e dirija sua visão sobre a imagem escolhida. Mas lembre-se, você deve se decidir de forma irrevogável, porque em caso de traição a imagem  será uma censura constante. Depois de olhar intensamente  a imagem, feche os olhos e transmiti-lo para o terceiro olho. Exercitando assim você alcançará uma imagem vívida, e você vai sentir um tremor especial intensificado do coração. Logo a Imagem do Senhor permanecerá inseparavelmente com você. Você pode testar-se contra o sol, e  vai ver o Senhor diante de você, às vezes sem cor, mas depois vividamente e até mesmo em ação. Sua oração vai perder a necessidade de palavras e só o tremor do coração vai inundar a sua compreensão. Assim, se pode alcançar na vida o que é útil, mas a consciência deve estar em conformidade com ela. (A Hierarquia, de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

não é fácil estar sem o Senhor

86. Assim, é difícil não estar com o Senhor. Repita o Nome do Senhor não só com os lábios, mas girándo em seu coração e Ele não irá deixá-lo - como uma rocha sob pressão em uma fenda de águas que descem da montanha. Nós dizemos coração Real quando o Senhor do coração  entra na câmara  predestinada. Deve-se tomar refúgio no Senhor. (A Hierarquia, de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

A condução em direção ao Altíssimo

85. Todas as religiões têm introduzido movimentos especiais e posições do corpo para ajudar no acúmulo de energia e conduzir em  direção ao Altíssimo. Quando nós seguimos , a realização pode ser alcançada através da saturação do coração, sem movimentos vigorosos. Aquele que consegue através deste meio tem uma vantagem, já que o poder do coração é inesgotável. A Imagem do Senhor, impressa no coração não vai escurecer e estará pronto para ajudar a qualquer momento. Isto significa que o caminho do coração é  mais antigo, mas requer uma considerável expansão da consciência. (...) Da mesma forma não há razão para falar de amor quando o coração ainda não contém a imagem do Senhor. Mas ninguém vai saber quando você pode trazer o poder do coração. Eu aconselho que você vá para o coração, porque por razões cósmicas, a imagem do Senhor já está próximo. É mais fácil atravessar um abismo se a ligação com o Senhor é forte.( A Hierarquia de Helena Roerich, com ensinamentos do Mestre El Morya)

Twitter Updates

    follow me on Twitter

    Seguidores