quinta-feira, 10 de dezembro de 2009

O destino do homem

"A vida na Terra é, como no oceano, sempre agitada, com ondas de alegria e tristeza e de perdas e ganhos, correntezas em turbilhão de desejos e redemoinhos de paixão, cobiça e ódio. Para cruzar o oceano, a única jangada confiável é um coração cheio do amor de Deus e do ser humano. O homem nasce para um propósito elevado, como o herdeiro de uma rica herança. Ele não deveria desperdiçar seu tempo em investigações pequenas e vaidades vulgares. Seu destino é conhecer a Verdade, viver nela e por ela. Apenas a Verdade pode tornar o homem livre e feliz. Se ele não é instigado por esse propósito elevado, a vida é um desperdício e um mero debater-se contra as ondas, pois o mar da vida nunca é calmo."(Sathya S. Baba)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Twitter Updates

    follow me on Twitter

    Seguidores